Exame toxicológico para motoristas com habilitação C, D e E é obrigatório

Exame toxicológico para motoristas com habilitação C, D e E é obrigatório

Está sendo obrigatório em todo o Estado de São Paulo o exame toxicológico para renovar ou obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E, voltadas para motoristas profissionais.

O condutor deve cumprir a exigência porque o sistema federal de habilitação vai impedir a emissão de CNHs nas categorias C, D e E se não constar a aprovação no exame toxicológico.

Como é feito o Exame Toxicológico?

O teste é feito mediante a coleta de cabelo, pelo ou unhas com o objetivo de detectar o consumo de substâncias psicoativas que comprometam a capacidade de direção. O resultado precisa dar negativo para os três meses anteriores ao teste, pois a janela de detecção é de 3 meses (90 dias).

Existem basicamente dois tipos de exames toxicológicos de drogas de uso abusivo disponíveis, no que se refere aonde eles são executados, o exame toxicológico instantâneo e o exame toxicológico laboratorial, sendo este o exame utilizado para a realização de testes à detecção se há ou não o uso de entorpecentes ou ingestão de álcool pelo condutor do veículo.

Onde fazer o Exame Toxicológico?

Esse exame deve ser feito em laboratórios particulares ou conveniados, desde que estes sejam homologados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Vale frisar que o exame não é feito nas dependências do DETRAN.

Quanto custa o Exame Toxicológico?

O teste tem um custo médio de R$ 300,00 e deverá ser apresentado na renovação da carteira de motorista a cada cinco anos ou quando o motorista querer a mudança de sua categoria.

É importante registrar que, caso o motorista tenha utilizado no prazo de 3 meses algum medicamento, sob prescrição médica, que tenha em sua composição algum elemento detectado no exame, ele poderá ser reavaliado, a fim de ser emitido outro laudo, que poderá considerá-lo apto para a renovação da CNH.

Estima-se que os resultados do exame terão efeitos favoráveis à sociedade e aos próprios condutores. Para muitos motoristas, será difícil interromper o uso de substâncias tóxicas por 3 meses antes do exame toxicológico, sendo empecilho para que ele passe no teste.

Afinal, é bom ou é ruim fazer o Exame Toxicológico?

Diante das considerações acerca do exame toxicológico para motoristas, o uso de substâncias tóxicas é o principal responsável pelos graves acidentes nas estradas brasileiras. As principais ocorrências de acidentes envolvendo veículos grandes ocorrem à noite e com condutores suspeitos de terem consumido algum tipo de droga ou bebida alcoólica.

O principal objetivo do exame para os motoristas é a diminuição do número de mortes nas estradas brasileiras, decorrentes do uso de álcool e drogas.

Dessa forma, se você é motorista de veículos grandes, não se arrisque! Faça o teste toxicológico e garanta mais segurança nas estradas e evite transtornos na hora de renovar sua CNH.

Veja Também

O texto acima "Exame toxicológico para motoristas com habilitação C, D e E é obrigatório" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.